Milho: preço do grão sobe quase 6% em uma semana, afirma Cepea

terça-feira, Agosto 14, 2018

Os produtores rurais seguem retraídos na hora de vender o milho, já que muitos acreditam em uma alta dos preços. Isso porque estimativas divulgadas na última semana confirmam redução da produção da segunda safra e das exportações.

De acordo com o Centro de Estudos Avançados em Economia Agropecuária (Cepea), na região de Campinas (SP), o indicador Esalq/BM&FBovespa avançou 5,9% em sete dias, indo a R$ 42,14 a saca na última sexta-feira, dia 10.

Já compradores com necessidades de repor estoques no curto prazo precisam elevar os valores de suas ofertas para conseguir realizar novos negócios.

Chicago 

A Bolsa de Mercadorias de Chicago (CBOT) para o milho fechou com preços mais baixos. O mercado seguiu digerindo dados divulgados na sexta-feira pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos no relatório de oferta e demanda de agosto.

Limitando as perdas, apareceram sinais de boa demanda pelo grão norte-americano. Os exportadores privados norte-americanos reportaram ao Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) a venda de 213.372 toneladas de milho ao México. Do total, 142.248 toneladas serão entregues na temporada 2018/2019 e 71.124 toneladas na temporada 2019/2020.

As inspeções de exportação norte-americana de milho chegaram a 1.261.900 toneladas na semana encerrada no dia 9 de agosto, conforme relatório semanal divulgado pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA). Na semana anterior, haviam atingido 1.287.772 toneladas. Em igual período do ano passado, o total inspecionado foi de 761.217 toneladas.

MILHO NO MERCADO FÍSICO – SACA DE 60 KG

      • Rio Grande do Sul: R$ 43
      • Paraná: R$ 37
      • Campinas (SP): R$ 44
      • Mato Grosso: R$ 28
      • Porto de Santos (SP): R$ 42
      • Porto de Paranaguá (PR): R$ 42
      • São Francisco do Sul (SC): R$ 42
      • Veja o preço do milho em outras regiões

MILHO NA BOLSA DE CHICAGO (CBOT) – BUSHEL

      • Setembro/2018: US$ 3,56 (-1,25 cent)
      • Novembro/2018: US$ 3,70 (-1,25 cent)


Share