Fenec 2015

quarta-feira, Setembro 2, 2015

Fenec supera expectativas de organizadores.

Seguindo a contramão do cenário econômico brasileiro, a 11ª FENEC – Feira de Negócios Coopama, mostrou mais uma vez a força do campo e superou expectativa de negociações durante os três dias de feira, que aconteceu de 15 a 17 de setembro na cidade de Machado.  “Estamos muito satisfeitos com os resultados da FENEC, os números são muito bons e a expectativa foi superada em relação a Fenec do ano passado. Graças aos colaboradores, parceiros e cooperados a Feira nos surpreendeu. Na abertura do evento fizemos um acordo: Aqui não existe crise! O produtor precisa plantar, adubar e colher, então, para nós a crise não existe, o que existe é muito trabalho e dedicação”, afirma Sandro da Silva Oliveira, diretor financeiro da cooperativa.  
O evento contou com 100 expositores, que apresentaram ao público o que de mais moderno existe para o desenvolvimento do campo. Os cooperados tiveram acesso a negociações de máquinas, implementos, insumos, defensivos, e até mesmo veículos utilitários. Dentre as modalidades de pagamento, destaca-se a modalidade de "Barter" ou Troca, onde Coopama oferece a possibilidade de aquisição do produto pelos cooperados e eles podem quitar essas compras com sua produção e na sua própria moeda: café, soja ou milho. A modalidade foi um sucesso e a opção de grande parte do público. Além disso, uma parceria com o Banco do Brasil possibilitou agilidade na aprovação dos créditos, proporcionando aos cooperados acesso imediato aos bens adquiridos. Segundo o Diretor Presidente da Coopama, Dr. João Emygdio Gonçalves, a feira trouxe muitas novidades. “Esta foi uma feira diferenciada. Tivemos a participação de diversas instituições financeiras e através do Banco do Brasil entregamos, ainda durante a FENEC, aos cooperados seus bens adquiridos, como: secadores, tratores, implementos etc. Fizemos inúmeras negociações com os associados sem nenhum protocolo. Vendemos mais de vinte veículos utilitários através da Coopama, pela modalidade Barter, possibilitando que o cooperado nos pague em três anos, com a moeda que ele produzirá em sua propriedade. Encerramos a FENEC com muita alegria e a sensação de dever cumprido, com expositores e cooperados satisfeitos.”

Com um público 27% maior que no ano anterior, a feira também pode contribuir para que instituições sociais do município, através da Ação Voluntária que angariou fundos para a Instituição Hermann Douglas, a Santa Casa de Caridade e a APAE. Os cooperados presenciaram a entrega de um Boi Nelore sorteado pela Ouro Fino, durante a inauguração da Agripeças para a cooperada Neuza Garcia Vieira, e participaram do sorteio de uma moto zero quilômetro, que contemplou a cooperada Elza Vieira Garcia.

Para o diretor administrativo Fernando Caixeta Vieira, a FENEC proporcionou soluções para que o homem do campo pudesse realizar negociações para o desenvolvimento de suas propriedades “Vimos a participação massiva do cooperado, que realmente veio para realizar bons negócios. A Coopama ofereceu condições de crédito e o cooperado saiu satisfeito pelas oportunidades de negócios. Através da “Troca” o cooperado vai pagar com sua própria moeda em até três anos. A chuva veio em um ótimo momento, trazendo ânimo aos produtores que fizeram da FENEC um sucesso.

 



Share