Clima já impacta safra de Café

quarta-feira, Novembro 1, 2017

As primeiras chuvas registradas no início de outubro estimularam a florada, porém, com o novo período de estiagem e as temperaturas elevadas, o desenvolvimento dos cafezais vem sendo prejudicado. Com isso, as estimativas iniciais de que em 2018 o País e Minas Gerais poderiam colher um volume recorde de café já foram descartadas. O assunto foi discutido durante a Semana Internacional do Café (SIC), que aconteceu na última semana, em Belo Horizonte. 

 

Tivemos, há algumas semanas, uma chuva boa, houve a florada muito boa, mas depois da florada é preciso que haja umidade para que se consolide da flor para o futuro fruto. O que nós vimos, em quase todas as regiões do Brasil, foi exatamente o contrário: a falta de chuvas e, o pior, acompanhada de altas temperaturas”.

 

Em relação à safra 2017, os números já estão consolidados. No período, Minas Gerais foi responsável por um volume de 24,37 milhões sacas de 60 quilos, recuo na produção cafeeira de 20,7% em relação à safra 2016, quando o Estado foi responsável pela produção de 30,7 milhões de sacas. O Estado é o maior produtor nacional e respondeu por 54% da safra brasileira de café.

 

MINAS VERDE JOHN DEERE SEMPRE AO SEU LADO!



Share