Café: A Tecnologia no Campo

segunda-feira, Agosto 21, 2017

Governo mineiro desenvolve ferramenta para acompanhar a produção de café, com o objetivo de mapear todas as áreas de cultivo, com inserção de dados socioeconômicos e geoespaciais.

 

O Governo mineiro prepara o lançamento do Geoportal do Café, mais uma ferramenta com o objetivo de contribuir para a excelência de uma das principais atividades econômicas em Minas Gerais. O objetivo da plataforma é mapear todas as áreas de cultivo no estado, com inserção de dados socioeconômicos e geoespaciais para subsidiar políticas públicas e investimentos privados de toda a cadeia produtiva. O café é a principal commodity agrícola de Minas Gerais, com relevância na geração de emprego e renda.

 

No pré-lançamento, em outubro próximo, haverá um workshop, quando será mostrado a todos os segmentos interessados o trabalho em andamento. Entretanto, a conclusão do mapeamento – que trará informações completas dos 451 municípios listados como produtores de café pela Emater-MG – está prevista para março de 2018. Minas Gerais produziu 30,7 milhões de sacas de café na safra 2016, segundo dados da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), divulgados em dezembro do ano passado. Com esse número recorde, o estado foi responsável por 60% de todo o volume produzido no país, que foi de 51,3 milhões de sacas.

 

MINAS VERDE JOHN DEERE SEMPRE AO SEU LADO!



Share