Conectividade no Campo

quinta-feira, Novembro 16, 2017

 

A John Deere esteve no Seminário de Planejamento Estratégico Empresarial, promovido em outubro pela Câmara Setorial de Máquinas e Implementos Agrícolas.
 
O encontro teve o objetivo de debater assuntos relevantes para o setor agrícola, com a participação de grandes nomes do mercado. Alfredo diretor de Assuntos Corporativos, participou de um debate sobre a internet das coisas na mecanização agrícola com Maurício Antônio Lopes, presidente da Embrapa.
 
As novas tecnologias do campo dependem da disponibilidade de conexão nas áreas rurais de forma acessível a todos os produtores – afinal, o custo para isso hoje é muito elevado, o que torna parte das soluções disponível apenas para poucos. “As tecnologias atuais e futuras dependerão da existência de conectividade nas áreas rurais para que possam ser maximizadas pelo produtor”, afirma.
 
Além disso, esse é um passo fundamental para a aplicação da inteligência artificial no campo. “Já somos capazes de coletar dados importantes sobre o funcionamento da máquina e integração entre equipamentos. Muito brevemente, a inteligência artificial virá para interpretar esses dados e fazer sugestões ao produtor para facilitar suas decisões. Ou seja: hoje, a máquina coleta dados, mas não os interpreta; no futuro, ela vai decidir os próximos passos”, afirma Alfredo.
 
O diretor ressalta ainda que a John Deere foi a primeira empresa no mundo a criar um veículo autônomo – que será comercializado em breve – e que a companhia está, de forma pioneira, verificando a possibilidade de estabelecer parcerias com o governo a fim de viabilizar projetos de melhoria na conectividade no campo para o pequeno, médio e grande produtores.​
 
MINAS VERDE JOHN DEERE SEMPRE AO SEU LADO!


Share